quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

«Este é um clube histórico» - Matt Jones (com fotos)

Gonçalo Brandão e Matt Jones na Loja Azul (foto ASF)

Numa ação vocacionada para os adeptos, o guarda-redes Matt Jones e o central Gonçalo Barão estiveram presentes na Loja Azul para distribuir autógrafos e vender bilhetes, cachecóis e camisolas.

«Esta é uma forma de conviver com os sócios. É um clube histórico, que muita gente gosta e é sempre bom sentir o carinho dos adeptos», realçou Matt Jones, que está recuperado de uma lesão nas costas e, por isso, pode defrontar o Estoril.

Gonçalo Brandão espera dificuldades na deslocação à Amoreira, mas acredita que o Belenenses pode vencer: «O Estoril é uma equipa que se está a tentar encontrar, depois de ter feito grandes campeonatos nas duas últimas épocas. Tem jogadores rápidos na frente, mas temos trabalho bem e podemos fazer um bom resultado



Fotos de Rui Raimundo/ASF

por Filipa Reis

Capturar12

Gonçalo Brandão: «Na última época houve muita gente»

CENTRAL LEMBROU ÚLTIMA VISITA AO ESTORIL

Foi uma imagem que ficou. A excelente réplica que os adeptos do Belenenses deram na época passada na Amoreira, no jogo entre o Estoril e os azuis, não foi esquecida por Gonçalo Brandão, que, numa ação que juntou o central e o guarda-redes Matt Jones numa sessão de autógrafos na Loja Azul, pediu repetição no domingo.

"Foi numa altura complicada para nós e os adeptos disseram presente. Na última época houve muita gente e espero agora uma imagem semelhante", referiu o defesa, que reforçou a "boa temporada" realizada até ao momento pela equipa.

Matt Jones espera semelhante aparição nas bancadas do Estoril no domingo e aproveitou para revelar que a lesão nas costas está totalmente ultrapassada.

Autor: JOÃO PICANÇO

Fotos: PEDRO SIMÕES

Capturar01

Taça valeu palestra de uma hora

Lito Vidigal dissecou jogo com a AD Oliveirense... no prolongamento; Matt Jones recupera

O triunfo na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, diante da AD Oliveirense, por 2-1, garantida apenas no prolongamento, valeu ao plantel do Belenenses uma hora de palestra de Lito Vidigal, ontem, no Restelo, antes do regresso ao trabalho após um dia de folga.

As dificuldades encontradas diante de uma equipa do Campeonato Nacional de Seniores foram, claro está, analisadas em conjunto, pelo que a sessão de trabalho, inicialmente marcada para as 16 horas, e no Estádio Nacional, começou às 17... no Restelo.

MATT SEGURA TITULARIDADE

No arranque da preparação para o jogo com o Estoril, Filipe Ferreira fez gestão de esforço no final do treino, enquanto Matt Jones ainda trabalhou à margem do grupo. Ainda assim, o guarda redes inglês estará apto a tempo de recuperar o lugar na baliza que, na Taça de Portugal, foi de Ventura.

Matt Jones, de resto, será um dos jogadores presentes, hoje, numa ação de promoção da SAD dos azuis. Juntamente com Gonçalo Brandão, os jogadores vão estar na Loja Azul, a partir das 18.30 horas, para dar autógrafos, vender camisolas e bilhetes para o jogo com o Estoril, no domingo.

por MÁRIO RUI VENTURA

Capturar12

Quarta ronda da Taça sorteada no dia 27

O sorteio da quarta eliminatória (1/16 avos-de-final) da Taça de Portugal está marcado para o próximo dia 27, às 12 horas, na sede da FPF

As partidas desta fase da competição serão disputadas no final de novembro (a data oficial é dia 23), sendo que estão apuradas 21 equipas dos campeonatos profissionais (13 da 1.ª Liga e 8 da 2.ª) e 11 do CN Seniores.

Capturar01

Dupla em gestão

FILIPE FERREIRA E JONES CONDICIONADOS

10492064_672620172824699_4291219303071760017_nDepois do triunfo para a Taça de Portugal frente à AD Oliveirense, o Belenenses prepara a complicada deslocação ao vizinho da Linha, o Estoril. Lito Vidigal, em princípio, contará com todo o plantel para a visita à Amoreira. E dizemos “em princípio”, porque no treino de ontem à tarde, Filipe Ferreira e Matt Jones trabalharam condicionados.

Notam-se melhorias nos estados dos dois jogadores. O defesa saiu mais cedo por gestão de esforço, enquanto o guarda-redes realizou trabalho no relvado, tendo em vista a utilização no regresso da equipa ao campeonato. Se a recuperação correr como o esperado, a dupla pode perfeitamente entrar nas opções para o Estoril.

Hoje a equipa treina-se duas vezes. De manhã no Estádio Nacional, às 10 horas, aberto, e depois, à porta fechada, no Restelo, às 16 h.

Vendedores especiais

Pelas 18h30, Gonçalo Brandão e Matt Jones vão estar na Loja Azul do Restelo a vender bilhetes, camisolas e a distribuir autógrafos.

por J.P.

Capturar01

Vídeo resumo: AD Oliveirense - Belenenses

OLIVEIRENSE VENDE CARA DERROTA FRENTE AO BELENENSES NA TAÇA DE PORTUGAL


Capturargolomeira


PALESTRA DE UMA HORA ANTECEDEU TREINO

10703725_770302463043296_2752131218454845845_nO treino de ontem do Belenenses foi antecedido por uma palestra de uma hora do treinador Lito Vidigal, que, certamente, terá chamado à atenção dos jogadores para alguns erros cometidos na Taça de Portugal, jogo que a equipa do Restelo venceu a Oliveirense (3-2, após prolongamento).

A sessão foi seguida atentamente pelo presidente da SAD, Rui Pedro Soares.

por M.G.P.

Capturar1

OS BELENENSES BASQUETEBOL ENTRA EM ACÇÃO NA TAÇA DE PORTUGAL

Continuidade na prova joga-se esta quarta-feira na Cruz-Quebrada frente ao Simecq | Belenenses já conquistou o troféu por duas vezes, tendo sido finalista das três primeiras edições

taca.jpgDepois de entrar no campeonato com o pé direito, na passada sexta-feira, ao vencer “na casa” das Oficinas de São José (45-83), segue-se a vez da Taça de Portugal.

Esta quarta-feira a equipa de Os Belenenses Basquetebol desloca-se à Cruz-Quebrada para defrontar o Simecq, em partida com início marcado para as 21h00, e na “bagagem” vai a ambição de vencer e continuar em prova.

A título de curiosidade refira-se que o Belenenses é um dos Históricos do basquetebol nacional fazendo a Taça de Portugal parte dessa memória. No museu do clube contam-se dois troféus, tendo a equipa marcado presença nas três primeiras finais da prova.

O campeonato regressa no próximo Domingo, pelas 11h00, com a recepção à União Sportiva, emblema dos Açores.

Capturarembelmabasket

terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Olegário Benquerença no Estoril - Belenenses

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol divulgou a nomeação de Domingo


Olegário Benquerença (AF Leiria)


Capturar

Os Melhores Adeptos: Episódio 42 2014/10/20 : Taça de Portugal AD Oli. ...



Os Melhores Adeptos: Episódio 42 2014/10/20 : Taça de Portugal AD Oli. ...: Clique aqui para ouvir o Episódio 42 E ao episódio #42 chegámos ao primeiro aniversário do podcast  Os Melhores Adeptos ! E na mesma s...

Fábio Nunes já é velho conhecido

Fábio Nunes colocou o Belenenses na 4.“ eliminatória da Taça de Portugal ao marcar um excelente golo já no prolongamento frente à AD Oliveirense

CapturarIMAGEMFÁBIONUNESNovo em idade (22 anos), mas já um velho conhecido do técnico Lito Vidigal.

Em 2008/09, o treinador estava em Portimão numa altura em que Fábio Nunes era júnior e já mostrava qualidades. De tal modo que Lito não hesitou em chamá-lo regularmente aos treinos dos mais velhos.

Posteriormente, o médio foi contratado pelo FC Porto, clube onde se sagrou campeão júnior, antes de rumara Inglaterra -onde representou o Blackbum - e Itália, onde atuou no Latina (Serie B).

O reencontro de ambos deu-se esta temporada no Restelo e, no domingo, bastaram-lhe quatro minutos para entrar, resolver a eliminatória e carimbar o passaporte para o Belenenses seguir em frente na Taça de Portugal.

por J.P.A.

Capturar01

PATRICK DEVE TOMAR POSSE DIA 1

O novo presidente do Belenenses, Patrick Morais de Carvalho (na foto) , deve tomar oficialmente posse no próximo dia 1 de novembro

ng5EB6DCA0-A613-4315-A567-C925FB0CB09DO ato chegou a ser equacionado para logo que apurado o resultado das eleições de sábado, mas faltou acordo dos candidatos.

O sucessor de António Soares na liderança do clube do Restelo e a sua equipa estão já a preparar as primeiras medidas a adotar e a inteirar-se das várias pastas que vão receber do candidato derrotado.

Quanto ao dia pós-eleitoral, foi passado em família,num almoço de sabor diferente do habitual.

por PEDRO MIGUEL AZEVEDO

Capturar1

FÁBIO NUNES ESTREIA-SE A MARCAR

Jovem extremo só tinha 19 minutos de competição esta época, todos eles cumpridos em jogos do campeonato

10530709_672610892825627_6777617064675528466_nFábio Nunes, de 22 anos, precisou de apenas três minutos para desatar o apertado nó que a AD Oliveirense estava a fazer ao Belenenses na 3ª eliminatória da Taça de Portugal: o extremo saltou do banco no prolongamento e, aos 97’, fez o golo da vitória belenense, o seu primeiro na carreira profissional.

O camisola 92 mostrou, assim, que pode vir a entrar mais nas contas de Lito Vidigal, ele que apenas tinha sido suplente utilizado nos jogos da I Liga contra Vitória de Setúbal e Paços de Ferreira, somando 19 minutos no total. A concorrência, no entanto, continua forte, tendo Fábio Nunes pela frente colegas como Fredy, Abel Camará, Miguel Rosa ou Sturgeon.

Ontem, o plantel cumpriu um dia de folga, regressando esta tarde aos trabalhos no Estádio do Restelo, já a pensar na deslocação ao Estoril.

por PEDRO MIGUEL AZEVEDO

Capturar1

segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Minuto 100 a marcar um carimbo difícil

GRANDE RESPOSTA DA AD OLIVEIRENSE CAI PERANTE A EFICÁCIA DOS AZUIS

Capturar1234

Só pelo facto de o minuto 100, assim bem redondo, ter sido o momento decisivo do jogo, já se percebe que o Belenenses passou muitas dificuldades para carimbar a sua continuidade na Taça de Portugal.

Perante um corajoso adversário do Campeonato Nacional de Seniores, a equipa de Lito Vidigal deu sempre a sensação de ter as coisas controlados, mas nunca conseguiu passar disso, sofrendo muito com a constante, persistente e tenaz reação da AD Oliveirense, onde mora uma equipa que estreava um novo treinador e tudo tentou para fazer história.

Com quase toda a população de Santa Maria de Oliveira, uma freguesia do concelho de Famalicão, “metida" no Estádio de Ribes, o jogo foi muito interessante, até porque, ao contrário do que se pode pensar, o Belenenses nunca facilitou, começando pela equipa que Lito Vidigal apostou, sem lugar a figuras de segunda linha na 1.ª Liga. Esse fator, de resto, foi determinante para um início de jogo em que o Belenenses depressa mostrou ao que vinha, com Miguel Rosa a abrir o ativo logo aos 9 minutos, aproveitando uma bola que lhe foi parar quase por acaso no segundo poste. Nesse momento, muita gente desenhou uma goleada no marcador, mas a equipa da casa depressa serenou os mais céticos adeptos, criando duas boas ocasiões para empatar.

Capturar123456789O golo, no entanto, só surgiria muito perto do intervalo, com Theo Mendy, avançado cedido pelo Boavista à AD Oliveirense, a ganhar o penálti e a faturar, logrando mais serenidade para o tempo de descanso.

A segunda parte foi quase uma fotocópia. João Meira voltou a colocar os de Belém na frente do marcador, isto já depois de Léo ter negado a Deyverson essa intenção, com uma grande defesa aos 58 minutos. O guarda-redes que rendera o lesionado Marco Gonçalves, que já fez carreira no Belenenses, acabaria por ser determinante, segurando a diferença mínima até que Rodrigues voltou a empatar tudo aos 82 minutos.

O prolongamento já era um bom prémio para os locais e Fábio Nunes, a última aposta de Lito Vidigal, necessitou de apenas quatro minutos em campo para selar a eliminatória, mas até ao fim ainda houve mais duas grandes ocasiões para quem saiu da Taça de Portugal com grande honra.

Capturar1234567Capturar123456

Capturar12345678JORGE MACIEL - Adjunto de Lito Vidigal

«Acabámos por sofrer muito»

“Tivemos sempre a vantagem na eliminatória, não aproveitamos e acabámos por sofrer. Podíamos ter conseguido um jogo mais fácil, mas não conseguimos em função da postura do adversário, que nos complicou a tarefa. Esta equipa habituou-se a sofrer na época passada, mas isso tem de acabar.”

Capturar1

E se fosse aos ‘penalties’..

Eficácia pesou bastante | Azuis sentiram na pele a ameaça da surpresa | Oliveirenses anularam duas desvantagens e sonharam

CapturarimagemribesCapturar1234O Belenenses sentiu na pele o desconforto de uma eliminatória sempre ameaçada pela surpresa, esperando e desesperando pelo apito final. Neste jogo de palpitações fortes, o coração e a generosidade da AD Oliveirense ajudaram a esbater as diferenças para um adversário de Liga, que pareceu confiar demasiado na diferença de estatuto e nas garantias de apuramento.

O golo madrugador de Miguel Rosa sugeria outra tendência, expondo algumas fragilidades defensivas do conjunto da casa. Mas por aí se ficaram as impressões de um duelo desigual e rendido às evidências. A formação minhota empertigou-se com a situação e declarou-se ao empate sobre o intervalo, através de um penalty irrepreensível de Theo Mendy.

O equilíbrio fazia as leis do encontro quando João Meira, na segunda parte, disse sim à bola e prometeu final antecipado a eliminatória. Uma ideia descabida, ficou comprovado, com os oliveirenses a imporem o prolongamento em nova jogada de fino recorte: assistência de Theo Mendy, frieza de Rodrigues a finalizar.

Sem sinais de supremacia, os azuis vingaram-se na eficácia e acertaram a qualificação num lance de inspiração de Fábio Nunes. Castigo demasiado pesado para a AD Oliveirense, que justificava a lotaria dos penalties.

Destaques azuis

Do lado do Belenenses, Miguel Rosa abriu caminho à vitória e assumiu-se sempre como a unidade de maior desequilíbrio dos visitantes.

Quanto a João Meira, o central mostrou acerto na sua área... e na área contrária, cabeceando para o 2-1, e Fábio Nunes saltou do banco para colocar um ponto final no pesadelo azul, desenhando o caminho do apuramento.

Desfecho só possível porque Ventura também segurou duas ou três bolas de golo.

Declarações - Fábio Nunes - Belenenses

«Quando estou no banco, o meu pensamento passa sempre por entrar e acrescentar alguma coisa. Fiquei feliz com o golo, mas o mais importante foi a vitória. Não estávamos à espera de tantas dificuldades»

por RUI AMORIM

Capturar12

Eficiência falou mais alto

O Belenenses passou por muitas aflições, mas soube ser humilde e sofrer para seguir em frente, diante de uma equipa do CNS que teve tudo para conseguir uma surpresa


Léo, guarda-redes da AD Oliveirense, evita o cabeceamento do belenense Bruno China

Em Oliveira de Santa Maria esteve perto de acontecer Taça. A tarde foi de muitas e fortes emoções e para isso contribuiu a atitude da AD Oliveirense, do CNS, que obrigou a equipa de Belém a envergar o fato-macaco e a ser pragmática, mas mesmo assim sem evitar o prolongamento e vários sustos. Saiu por cima na eliminatória o Belenenses, mais eficaz no período suplementar, como podiam ter saído os locais, menos eficientes nessa fase.

Em ambiente de festa e contagiados pelo entusiasmo que se vivia nas bancadas, os homens da casa agigantaram-se e deixaram claras as intenções de discutir o jogo e o resultado desde o primeiro apito de Marco Ferreira.

Encarando o adversário olhos nos olhos, os oliveirenses procuraram tirar partido do relvado sintético e partiram à procura da sorte. Mas o primeiro revés surgiu cedo, com o golo de Miguel Rosa. A vantagem colocou os azuis numa atitude de maior expectativa, mas sem o domínio do jogo permitiram que os locais mantivessem a fé. A equipa da casa foi-se acercando da baliza de Ventura e, pouco depois de ter desperdiçado uma grande ocasião (33’ ), Théo Mendy repôs a igualdade, de penálti.

Léo brilhou no reatamento, mas foi incapaz de segurar a cabeçada de João Meira e a AD Oliveirense voltou a correr atrás do prejuízo.

Lito Vidigal lançou entretanto Pelé para tentar dar maior consistência defensiva à equipa e manter a vantagem, mas Rodrigues aproveitou uma autoestrada na defesa contrária para levar o jogo para prolongamento.

Fábio Nunes entrou para dar largura e aumentar a dimensão ofensiva do Belenenses e acabou por garantir o sucesso na eliminatória, até porque Ivan Reis, isolado, aos 105’, disparou a bola contra o guarda-redes Ventura…

Fábio Nunes - Entrou para decidir

O esquerdino que joga como ala-direito entrou já com o prolongamento a decorrer, mas a tempo de obter o seu primeiro golo com a camisola do Belenenses e garantir a permanência dos lisboetas na Taça de Portugal. O algarvio, de 22 anos, que cumpriu a formação entre o Portimonense e o FC Porto, e já passou pelo Parma e Latina, de Itália, Blackburn, de Inglaterra, deu frescura à equipa e mexeu com a dinâmica ofensiva desde o momento em que entrou.

Miguel Rosa - O ala-esquerdo iniciou bem o jogo, abriu as hostilidades e foi influente na organização.

João Meira - Não teve tarefa fácil a defender. Com uma cabeçada imparável, o central fez o 1-2.

Fredy - O ala-direito protagonizou boa iniciativas, com destaque para o cruzamento que resultou no golo de Meira.

Nélson - Consistente e pragmático, quer como lateral-direito quer do lado contrário, sem abdicar de atacar.

Bruno China - O trinco revelou bom sentido posicional e inviabilizou muitas jogadas adversárias.

Palmeira - Varreu a sua zona de ação com determinação.

por LINO DEVESAS

Capturar1

Fábio Nunes: «Foi uma grande alegria»

DEMOROU QUATRO MINUTOS A RESOLVER

Fábio Nunes tem já muitas histórias para contar, e leva mais uma. Foi ele que decidiu a eliminatória a favor do Belenenses, depois de entrar no jogo aos 96 minutos, necessitando de apenas quatro para marcar um belo golo de pé esquerdo a selar o triunfo dos visitantes.

Claro que é uma grande alegria resolver um jogo destes. Estava muito complicado e o mais importante foi a vitória da equipa”, resumiu Fábio Nunes, que, aos 22 anos, marcou o seu primeiro golo na Taça de Portugal, ele que é natural de Portimão, mas já foi campeão nos juniores do FC Porto e até passou pelo futebol italiano (Parma e Latina) e inglês, neste caso no Blackburn Rovers.

Rodrigues queria mais

Do lado da Oliveirense, Rodrigues também foi decisivo. O avançado de 19 anos, cedido pelo Aves, marcou o golo que levou o jogo para prolongamento, mas queria mais: “Demos tudo para vencer e merecíamos. Foi uma exibição acima da média.”

Fotos: MANUEL AZEVEDO

Capturar01

Patrick Morais de Carvalho na A BOLA TV

Novo presidente do Belenenses na sua primeira entrevista


Capturarentrevistabolatvnovopresidentepmc


domingo, 19 de Outubro de 2014

Resumo vídeo: AD Oliveirense 2-3 Belenenses (Taça de Portugal)

Capturaradoliveirense

Reações depois do jogo

Treinador da Oliveirense: «Se houvesse justiça...»

CapturarjorgemacielJorge Maciel, treinador-adjunto do Belenenses, em declarações no final da vitória frente à AD Oliveirense, que apurou a equipa de Belém para a próxima fase:

«Esperávamos um campo complicado e uma equipa complicada porque, nestes jogos, todas as equipas querem ter mais visibilidade. Encarámos este jogo como normal e termos consciência que podíamos ter tido um jogo mais fácil, mas não o conseguimos também por mérito da Oliveirense. A nossa atitude foi positiva, mas a superioridade tinha de ser maior para não sofrermos tanto. Este ano não queremos sofrer tanto como aconteceu no ano passado. Não estamos habituados a relvados sintéticos, mas onde vamos é para ganhar, independentemente do relvado. Esta tem de ser a nossa postura».

Orlando Costa, treinador da AD Oliveirense, em declarações após a derrota por 2-3 frente ao Belenenses, que afastou a equipa de Oliveira Santa Maria da Taça de Portugal:

«Antes de mais, quero agradecer aos meus jogadores pelo empenho, determinação, confiança e agressividade com que se apresentaram. Sinto-me 100% feliz por pertencer a este clube e por esta exibição. Perdi este jogo, mas ganhei uma equipa para o Campeonato Nacional de Seniores e para o próximo jogo com o Ribeirão, que tenho a certeza que vamos vencer. Se houvesse justiça no futebol, penso que seria a Oliveirense a ganhar a eliminatória. O Belenenses fez três golos em quatro oportunidades e nós, em nove ou dez oportunidades, fizemos dois golos. É aqui que se nota a diferença entre uma equipa da primeira liga e uma equipa de uma divisão inferior. Aproveito também para agradecer à estrutura diretiva pela confiança e à massa associativa deste clube que sempre nos apoiou».

Por Rita Pereira

Um jogo equilibrado que precisou de prolongamento

Taça: Oliveirense-Belenenses, 2-3 (crónica)

CapturarlitoNum jogo pautado pelo equilíbrio foi preciso jogar 120 minutos para decidir quem passava à próxima fase da Taça de Portugal. O resultado final foi decidido numa jogada individual de Fábio Nunes, que fez o 2-3 para o Belenenses. A equipa do Restelo avança para a 4ª eliminatória.

A Oliveirense entrou melhor no jogo e, logo no primeiro minuto, esteve perto de inaugurar o marcador, mas o cabeceamento de Theo Mendy embateu no poste. Mas foi a equipa de Belém a inaugurar o marcador. O golo apareceu aos nove minutos, por Miguel Rosa. A jogada começou do lado direito do ataque do Belenenses, com Fredy a cruzar rasteiro e, ao segundo poste, Miguel Rosa só teve de encostar. Estava feito o 1-0.

A Oliveirense reagiu bem ao golo sofrido e aproveitava o contra-ataque para se aproximar da baliza do Belenenses. Theo Mendy era a figura de destaque da equipa de Oliveira Santa Maria e acabou por ser o avançado senegalês a fazer o empate, aos 38 minutos, na conversão de uma grande penalidade. A Oliveirense, que ocupa o 8º lugar do Campeonato Nacional de Seniores, surpreendia o Belenenses e empatava a partida, perante a festa dos seus adeptos.

O equilíbrio que imperou na primeira parte manteve-se no início do segundo tempo e, mais uma vez, foi o Belenenses a adiantar-se no marcador. Aos 61 minutos, numa jogada de ataque bem construído, a equipa a atuar na principal divisão conseguiu chegar ao golo num bom cabeceamento de João Meira. 

A dez minutos do final da partida, Rodrigues, que havia entrado no decorrer da segunda parte, recuperou uma bola à entrada da área do Belenenses e, depois de fintar o guarda-redes Ventura, fez o 2-2.

Já no prolongamento , Fábio Nunes aproveitou uma desconcentração da equipa adversária, passou por três jogadores da Oliveirense e rematou rasteiro, desfazendo a igualdade (2-3) e garantindo a passagem do Belenenses para a próxima fase da Taça de Portugal.

Apesar da derrota, os jogadores da Oliveirense abandonaram o relvado sob os fortes aplausos dos adeptos que encheram o Estádio de Ribes.

Por Rita Pereira

Capturar1logo

Belenenses vence AD Oliveirense no prolongamento (3-2)

 

Fábio Nunes (foto ASF)

O Belenenses sentiu muitos problemas para eliminar o AD Oliveirense (CNS), tendo apenas garantido a vitória no prolongamento, em jogo da terceira ronda da Taça de Portugal.

Miguel Rosa (9) colocou a equipa de Belém na frente, tendo a AD Oliveirense empatado por Theo Mendy (gp, 40).

O Belenenses voltou a ganhar vantagem por João Meira (61), mas Rodrigues (82) empatou e forçou o prolongamento, onde a equipa do Restelo garantiu a vitória, após golo de Fábio Nunes (100).

Redação

Capturar12

«Acredito que somos o quarto grande» - Patrick de Carvalho

Patrick Morais de Carvalho (foto ASF)

Patrick Morais de Carvalho, presidente eleito do Belenenses após o ato eleitoral de sábado, mas que só deverá tomar posse do cargo no próximo mês, falou este domingo a A BOLA TV sobre os seus planos imediatos para o futuro dos azuis.

«Tenho de perceber qual o ponto de partida do clube, para começar, antes de perceber quais as primeiras medidas que iremos tomar na Direção. Mas queremos normalizar as relações com a SAD e acredito que somos o quarto grande clube em Portugal. É esse o lugar do Belenenses por direito próprio», afirmou Patrick Morais de Carvalho.

Redação

Capturar12

Resultado final: A.D. Oliveirense 2 Belenenses 3

Taça de Portugal - 3.ª eliminatória - 19 de Outubro - 15 horas - Estádio de Ribes

Capturaradoliveirensebelenenses

clip_image001
clip_image004clip_image005 
clip_image006
clip_image007
clip_image008
Capturar

Equipa do Belenenses (onze oficial): Ventura, Nelson, João Meira, Palmeira, Filipe Ferreira, Miguel Rosa, Fredy, Bruno China, Fábio Sturgeon, Rodrigo Dantas, Deyverson.

Suplentes: Filipe Mendes, Pelé, Tiago Silva, Mailó, Gonçalo Brandão, Abel Camará e Fábio Nunes.

9 Min - Golo do Belenenses - Miguel Rosa, na pequena área. A jogada começa do lado direito do ataque do Belenenses, Fredy cruza rasteiro e Miguel Rosa aparece ao segundo poste a fazer o 1-0.

20 Min - A Oliveirense reagiu bem ao golo sofrido. Jogo equilibrado.

24 Min - Cartão amarelo para João Meira.

38 Min - Penalty para a A.D. Oliveirense. Numa jogada de muita confusão na grande área do Belenenses, Theo Mendy é derrubado por Miguel Rosa. Marco Ferreira assinala grande penalidade.

40 Min - Golo de Theo Mendy, na conversão, faz o empate.

45 Min - 1 Minuto de compensação

Capturar1

Capturar

61 Min - Golo do Belenenses, João Meira. Após um excelente cruzamento, João Meira consegue saltar mais alto do que defesa da Oliveirense e cabecear para a baliza de Leo.

74 Min - Sai Fábio Sturgeon para a entrada de Pelé.

81 Min - Golo da Oliveirense, Ricardo Rodrigues. Após uma recuperação de bola à entrada da área, Rodrigues, entrado na segunda parte, finta o guarda-redes Ventura e remata, fazendo o empate.

85 Min - Sai Rodrigo Dantas para a entrada de Abel Camará

89 Min - Cartão amarelo para Deyverson, por simulação de penalty

90 Min - 4 minutos de compensação

94 Min - Cartão amarelo para Bruno China

Vamos ter prolongamento! No final dos 90 minutos o empate a dois golos reflete o equilíbrio entre as duas equipas. A Oliveirense, a jogar no Campeonato Nacional de Seniores, a surpreender o Belenenses.

Começa o prolongamento do AD Oliveirense - Belenenses

95 Min - Sai Filipe Ferreira e entra Fábio Nunes

100 Min - Golo do Belenenses, Fábio Nunes. Fábio Nunes, numa jogada individual, passa por três jogadores da Oliveirense e remata rasteiro para o segundo poste. Leo ainda se esticou, mas o remate foi bem colocado

105 Min - Fim da primeira parte do prolongamento do AD Oliveirense - Belenenses

112 Min - Esteve à vista o empate da Oliveirense ! Rodrigues remata forte e João Meira tira quase em cima da linha de golo. Apesar do evidente cansaço físico, a Oliveirense tenta levar o jogo para grandes penalidades, com o forte apoio dos seus adeptos, que encheram o Estádio de Ribes

114 Min - Camará quase a fazer o 2-4 para o Belenenses, mas Leo, com uma grande defesa, a evitar o golo.

120 Min - Ufa…

Belenenses apurado!!

Está feito o que importa!

Rumo ao JAMOR!

Site Meter

Mapa Mundo


contador visitante

Visitas do Mundo!

Mapa Mundo - Hora Mundial